Seguidores

4 de set de 2012

Pai só no Contra Cheque

                                           

Certa vez, li um artigo num jornal, 
no qual o altor contava um fato presenciado
por ele, e dizia: "Depois que escrevi o 
artigo 'Pai só no contra cheque', 
presenciei um fato lastimante. Num condominio,
um filho toca o interfone do apartamento do pai,
ele atende e pergunta:"Filho você vai subir?"
"Não, pai, só vim buscar o cheque". respondeu o 
adolescente. O pai veio a portaria e entregou o 
cheque contendo o valor da mesada. 
O menino o recebeu e imediatamente foi
embora. Enquanto aguardava que me atendessem
ali, o pai olhou para mim e disse: "Pai do dia dez,
o único dia em que sou lembrado por meu filho". 

Esse unico trecho, foi a porta, para que eu pudesse
perceber, que a igreja, as pessoas infelizmente vem
agindo da mesma forma com Deus. Só lembra de 
Deus quando vê que tem problema, quando precisa de 
alguma benção. Tenho certeza que aquele pai se entristeceu
muito com a atitude do filho, e Deus como sera 
que ele se sente? 
É mais uma realidade triste, as pessoas chegam e 
dizem: "vocês oram por mim?" mas não buscam
compromisso.Isso acontece até mesmo dentro de nossas
igrejas, os crentes não querem mais compromisso buscam
a Deus somente na necessidade,são o que chamamos hoje
de crente 6 horas. 
“Vigiai, Pois, Porque Não Sabeis O Dia Nem A Hora Em 
Que O Filho Do Homem Há De Vir”. (Mateus 25.13). 



FONTE:http://jonas-goncalves.blogspot.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário